Início Notícias Audi RS4 Avant já disponível em Portugal

Audi RS4 Avant já disponível em Portugal

Audi RS4 Avant já disponível em Portugal
0
0

“Rebeldia Familiar”

 

A Audi RS 4 Avant chega à sua quarta geração, combinando elementos que a tornam numa das propostas desportivas mais familiares do mercado. A nova geração combina o estilo especifico das linhas RS da marca, com o motor V6 TFSi com 450cv de potência. O preço? Podem conhecer depois de ler o artigo.

 

O “coração” tem 450cv, é talvez isso que mais chama a atenção quando conhecemos a RS 4 Avant, uma carrinha com uma potência digna de um desportivo. Na verdade a Audi já assim o faz há muitos anos. Depois desse primeiro impacto, vem o cronómetro, que nos informa que a aceleração dos 0 aos 100km/h permite “colar o gelado” na cara dos miúdos que vao sentados no bancos de trás, são apenas 4,1 segundos. A velocidade máxima está limitada a 250km/h, mas que ascende aos 280km/h com o Pacote Dynamic RS. Se o fizerem, não contem a ninguém.

Estão preocupados com o consumo? Pois bem, saibam que segundo o ciclo WLTP, esse é de 9.6L/100km, com uma emissão de CO2 de 218g/km.

Para domar os aos “tais” 450cv vindos do motor bi-turbo desta Audi RS 4 Avant, a marca de Ingolstadt usa a sua “joia da coroa”; o sistema Quattro que a colocou no mapa no que toca a sistemas de tração total. Com diferencial autoblocante central, a melhor tração é conseguida mesmo em condução desportiva (como assim deve de ser) enquanto a transmissão Tiptronic de 8 velocidades tem um tempo de resposta otimizado para “acompanhar tanto cavalo”.



Mas não é só “sob a pele” que este Audi RS 4 Avant se revela, já que a desportividade também está presente nas suas linhas. A dianteira conta com a nova grelha Singlefame, de maiores dimensões e mais estilizada, complementada pelo para-choques RS, exclusivo desta versão. Na traseira, o protagonismo vai para o duplo difusor, enquanto as jantes de 19 polegadas (ou 20 em opção) não escondem que esta é uma carrinha RS da Audi.

O interior também conta com acabamentos específicos como é o caso do volante em couro de fundo plano, patilhas em alumínio, assim como os bancos desportivos em RS revestidos a couro. O Audi Virtual Cockpit com display RS, Ecrã touch de 10,1 polegadas, ar condicionado 3 zonas e comandos sensitivos, de forma a que o conforto não seja deixado de fora.

O que também não é esquecido é o espaço. Com uma volumetria entre 495 e 1.495 litros, a bagageira do Audi RS 4 Avant revela-se uma vantagem, face aos seus concorrentes desportivos “convencionais”.



Para quem quer ainda mais, o pacote dinâmico RS, aumenta o prazer de condução graças a uma suspensão desportiva RS Sport Plus com Dynamic Ride Control, que pode ser ajustado em três patamares. Ligados entre si na diagonal através de circuitos hidráulicos e uma válvula central. Em curva, as válvulas regulam o escoamento do fluído no amortecedor da roda dianteira colocada no exterior da curva. Assim, o suporte nessa roda é aumentado, reduzindo a inclinação e consequente rolamento da carroçaria.

O Audi Drive Select também tem alterações, que para além dos seis perfis: efficiency, comfort, auto, dynamic, conta ainda dois modos RS personalizáveis, “RS1” e “RS2”, que podem ser guardados, para a “afinação” preferida da suspensão, diferencial traseiro, som do motor. No RS2, o sistema pode ainda desligar completamente o ESC, para que a experiencia de condução seja mais “pura”. É também neste modo que é possível chegar aos 280km/h!

Obviamente parar é importante, e antes de parar com esta apresentação, convém referir que a Audi RS4 Avant monta discos ventilados e perfurados de 375 mm à frente e de 330 mm atrás, mas, em opção, estão disponíveis os travões cerâmicos RS com maxilas pintadas em cinzento, vermelho ou azul de 400 mm à frente.

Quanto ao preço, inicia-se nos 112.388 euros, e está desde já disponível nos concessionários da marca.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!