Início Notícias Arte sobre rodas: Alfa Romeo Giulia SWB Zagato

Arte sobre rodas: Alfa Romeo Giulia SWB Zagato

Arte sobre rodas: Alfa Romeo Giulia SWB Zagato
0
0

“Um pedido muito especial”

 

Depois de vários teasers nas últimas semanas, Alfa Romeo e Zagato “destaparam” o Giulia SWB, um modelo único, baseado no Giulia GTAm.

O trabalho foi pedido por um cliente alemão, dono de vários modelos exclusivos, entre eles um Alfa Romeo SZ e um 8C Competizione, mas igualmente criações da Zagato. Desta forma, a casa de estilo comemora os 100 anos da primeira colaboração com a casa de Arese. Ou seja, 101, já que foi em 2021 que se comemorou essa efeméride, altura em que foi dada “luz verde” para comemorar o Tipo G1 de 1921.

Para criar esta “obra de arte”, os artesãos da Zagato utilizaram um Giulia GTAm e diminuíram a distância entre eixos, de forma que este coupé de dois lugares ficasse mais harmonioso.

A dianteira conta com inspiração do passado, fazendo alguma reminiscência com o Alfa Romeo SZ (que foi fotografado junto ao modelo), contando também com elementos de futuro, como é o caso dos grupos óticos que encontramos no novo Tonale.



A secção traseira exibe vários elementos de destaque, como é o caso da ausência de asa traseira, face ao modelo que lhe deu “corpo”. O difusor também merece atenção, com a dupla ponteira de escape a ter vindo diretamente do GTAm. Tal como é habitual na Zagato, também o Giulia SWB conta com um tejadilho “Double Bubble”, como utilizado em várias criações, nomeadamente no Alfa Romeo TZ3 Stradale.

Todos os painéis deste Alfa Romeo Zagato foram redesenhados e são construídos integralmente em fibra de carbono.

Em termos de performances, este Giulia SWB conta o motor 2.9 V6 do GTAm com 540cv e 600Nm de binário. No entanto, este exclusivo modelo conta com uma transmissão manual de seis velocidades, que entrega toda essa potência às rodas traseiras.

Este Alfa Romeo Giulia SWB Zagato é mesmo um “one-off”, pelo que depois das fotos tiradas em Arese, foi entregue ao seu dono, sem existirem quaisquer planos de o produzir em serie limitada. O preço não foi divulgado.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!