Início Carburadores Como começou a Hyundai N e qual será o seu futuro?

Como começou a Hyundai N e qual será o seu futuro?

Como começou a Hyundai N e qual será o seu futuro?
0
0

“N possibilidades”

 

Uma divisão de competição, que se torna numa “sub-marca” para a estrada, esta é a recente história da N da Hyundai, que em tão pouco tempo, já consegue marcar a sua presença, em qualquer categoria que se apresente. Seja ela nos Ralis, campeonatos de turismo ou mesmo na via pública. 

2012

A história da “N” começa com outro nome: HMS. Significa Hyundai Motor Sport. Criada em 2012 e apresentada sob o formato de um carro, um i20 WRC Concept, avançava a possibilidade da marca coreana ingressar no campeonato do mundo de ralis. Mas ali, estava presente bem mais do que apenas um automóvel, tratava-se do nascimento de uma nova linha de produtos que se preparava para surgir. Embora não o soubéssemos.

Essa apresentação no salão de Paris, avançou ainda a criação do seu “quartel general” em Alzenau, onde a equipa ainda hoje permanece implementada.


2013

Na chegada de um novo ano, é altura de afirmar a vontade de competir. Essa torna-se uma realidade e os teste começam, no salão seguinte, o de Genebra, a marca mostra a versão melhorada do seu Hyundai i20 WRC, muito semelhante à que no ano seguinte. No final desse ano, a Hyundai mostra as cores do seu “guerreiro” assim como a equipa de pilotos que vão competir no campeonato de 2014 que terá o habitual início em Monte Carlo. Ao volante, ao longo dessa época, iriam estar Thierry Neuville, Dani Sordo, Juho Hänninen e Chris Atkinson. Destaque no capot para a letra N.


2014

Começou a acção. E neste primeiro ano o ponto alto foi a vitória no Rally da Alemanha, com Thierry Neuville a conseguir a primeira vitória para a marca coreana. Esse resultado, juntando com outros quatro pódios significaram um 4º lugar no final do campeonato desse ano. Ainda para terminar, é anunciado em Dezembro que Albert Biermann era o novo vice-presidente executivo. Momento importante, já que foi grande responsável pela dinâmica dos futuros modelos…


2015

Apenas três anos após a sua criação, a Hyundai Motor Sport, demonstra a intenção de criar uma gama de modelos. Surge a N-Performance que apresenta dois concept car, um inspirado pelo Vision Gran Turismo, o N2025 e um mais “real”, o RM15. No WRC a marca consegue um 3º lugar na geral, graças a quatro pódios conseguidos ao longo da época.


2016

Definitivamente começa-se a ver o futuro modelo a chegar, com a Hyundai a colocar um i30N de testes (ainda da geração passada) a participar nas 24h de Nürburgring, passando todos os desafios impostos, terminando essa verdadeira “prova de fogo”. Quanto a protótipos, o RM16 Concept continua o trabalho feito nas gerações anteriores, e que nos demonstrava bem o futuro do Veloster, enquanto o RM30 demonstrava as linhas do modelo que iria sair no ano seguinte. No WRC a marca volta a subir um lugar, e acabando em 2º lugar, no ano que estreia a segunda geração do i20 WRC.


2017

“A chegada à estrada!” A Hyundai N chegou aos concessionários. O Hyundai i30N é um verdadeiro desportivo, e tivemos mesmo a hipótese o comparar com o seu irmão certinho. Ao mesmo tempo, o i30 TCR é também uma opção para o piloto privado. Obrigatório falar do WRC, com a conquista de mais um vice-campeonato de construtores.


2018

A gama expande-se com a chegada à Europa do i30N Fastback (que também já testámos), enquanto no mercado doméstico e americano, o Veloster retorna a gama com uma versão N, equipando com o mesmo motor 2.0 Turbo de 275cv. No TCR, o i30N é campeão do mundo com Gabriele Tarquini. Quanto ao WRC, novamente o vice-campeonato.


2019

Não há desportivos “puros e duros”, mas surge a N-Line, uma linha desportiva para quem quer o aspeto (e algum prazer) de um Hyundai N, mas que não precisa de toda a potência. Essa linha aparece tanto no i30, como depois no Tucson. No WTCR, Norbert Michelisz volta a dar à casa coreana o lugar mais alto do pódio, enquanto no WRC finalmente chegou o dia: Hyundai campeã do mundo de ralis!


O que nos reserva o futuro? 

Pois bem, em 2020 a marca prepara-se para lançar o Hyundai i20, o modelo que lhe deu o campeonato do mundo de ralis, e no video de apresentação do modelo deixou bem claro que haverá lugar a uma versão puramente N, que já anda em testes em Nürburgring e deverá usar um novo bloco a desenvolver cerca de 200cv. Para além disso, a N-Line irá expandir-se para as variantes SW e Fastback do i30, que também será renovado este ano.

O Kauai será outro dos modelos que irá contar com uma versão N, não se sabendo, tal como o i20 qual o motor que estará por debaixo do capot, mas possivelmente poderá usar o 2.0 T-GDi de 275cv. O Veloster ainda não tem “luz verde” na Europa, enquanto o i30 Project C, será realidade em alguns países europeus, numa quantidade limitada. Não poderá ser descartado também um futuro electrificado para os modelos N, já que a marca tem apostado fortemente nesse caminho. Nós cá estaremos para o descobrir.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!