Início Ensaios KIA Stonic 1.6 CRDi TX

KIA Stonic 1.6 CRDi TX

KIA Stonic 1.6 CRDi TX
0
0

“Tónico Interessante”

Já aqui falámos muitas vezes sobre a importância de um pequeno crossover para uma marca automóvel que queira ser competitiva. Voltamos a dizer isto porque a KIA, marca que já estava presente com SUV em outros dois segmentos (médios e grandes), chega agora aos crossovers urbanos com o Stonic, modelo que tem tudo o que é preciso para vingar neste importante e difícil segmento.

Inevitavelmente, o estilo é o primeiro elemento que nos salta à vista e que tem mais peso na tarefa de nos aproximar (ou afastar) de conhecer um modelo. Neste campo, achamos que o Stonic tem a tarefa facilitada, já que o seu aspecto exterior é agradável e não demasiado arrojado, algo que poderia agradar só a alguns consumidores. Muito característico, este modelo tem, por isso, uma personalidade muito própria e bem inserida no estilo levado a cabo por Peter Schreyer, o responsável pela equipa de design. Na dianteira, é bem evidente a grelha ‘Tiger Nose’, agora mais estilizada, os esguios faróis conferem ao Stonic uma personalidade dinâmica, ao mesmo tempo que o para-choques com elementos em plástico negro, bem como o desenho da entrada de ar e da disposição dos faróis de nevoeiro, conferem a imagem robusta que um pequeno crossover tanto precisa para “sobreviver”.

A lateral é uma secção particularmente bem conseguida, ainda para mais (não era o nosso caso) se contar com uma pintura bi-tom, isto porque o que não falta é cor no Stonic. São 9 cores as que podem revestir a maior parte da carroçaria, estando ainda reservadas mais 5 para o tejadilho, dando mais de 22 combinações diferentes! O tal aspecto de “jipe” é conseguido pelos guarda-lamas mais alargados, e as protecções plásticas que dão a volta pelos quatro cantos deste novo modelo. A traseira, secção que por vezes pode estragar todo um desenho, mas não acontece no Kia Stonic, apresenta-se bastante agradável, com um desenho simples, onde se destacam os interessantes farolins traseiros com efeito 3D, dando uma interessante assinatura luminosa e o para-choques que inclui uma generosa saída de escape, com um aspecto robusto.

Se no exterior o Kia Stonic se afasta do seu “irmão” Rio, no interior já não acontece bem o mesmo. Isso não é de todo mau, atenção, mas ainda assim existem algumas diferenças. Neste seu interior encontramos um local agradável, bem acabado e robusto, com materiais agradáveis à vista, ainda que não sejam uma referência no segmento. As diferenças que falámos surgem num conjuntos de diferentes materiais e de cores, apresentando a hipótese de cinco diferentes temas, que podem tornar “o seu” modelo único. Onde é que pode ser personalizado? Na cor dos assentos, da consola central, bem como o friso que percorre o tablier.

Em termos de espaço, o Stonic também está bem cotado. Ainda que o seu comprimento total seja de 4,14m, o Stonic apresenta uma distância entre eixos de 2,58m, a mesma do Rio, por isso o espaço é idêntico, ainda que o novo crossover, devido à sua maior altura, consiga apresentar um superior espaço para a cabeça dos ocupantes do banco traseiro. Já a bagageira, não é a líder de segmento, mas é uma das mais volumosas, com 352L, o que torna este conjunto numa verdadeira alternativa ao Kia Rio que tem menos 27L disponíveis, valor que conta, para quem procura mais espaço.

Debaixo do capot, contamos com a única proposta diesel disponível para o Stonic: o 1.6 CRDi de 110cv faz as honras da casa, com o binário máximo de 260Nm a estar disponível logo às 1500rpm, e que faz antever que as “passagens de caixa” não serão uma constante, ainda que a transmissão manual de seis velocidades, de bom tacto e bem escalonada, peça para ser usada. Este motor, ainda com pouco mais de duas centenas de quilómetros no odómetro, não foi o ideal para aferir um consumo, mas conseguimos manter abaixo dos seis litros a cada cem quilómetros, o que antecipa um bom valor.

Fruto de uma posição de condução mais alta, a visibilidade é boa, bem como o conforto de rolamento, com as suspensões a absorverem bem as irregularidades, ao mesmo tempo que o Stonic não é, de todo, um automóvel enfadonho de conduzir. É até bastante preciso e ágil em cidade.

Quanto a equipamento, esta unidade que tivemos em ensaio faz parte do nível mais equipado, o TX, que se distingue das demais pelo revestimento dos bancos em pele e tecido, pelo volante em pele perfurada e de fundo plano, bem como o espelho retrovisor electrocromático. Para além disso, o Stonic traz também de série um grande número de equipamentos como o sistema de navegação, cruise-control com limitador de velocidade, bluetooth com reconhecimento de voz, sistema de acendimento automático das luzes e das escovas limpa-vidros. Mas também no capítulo do estilo, o Kia está bem equipado, com os vidros traseiros escurecidos e as jantes de 17’’ disponíveis nas versões TX e EX. A marca oferece apenas dois opcionais: o pack ADAS, um completo sistema sistema de assistência avançada à condução disponível por 500€, incluindo a travagem autónoma de emergência, o sistema de alerta de saída da faixa de rodagem, bem como o sistema de faróis com máximos automáticos e não menos importante, o sistema de alerta ao condutor. O outro opcional? É a pintura metalizada…

Portanto, podemos começar a antever mais um sucesso da marca Sul-Coreana. O Stonic tem todos os ingredientes possíveis para conseguir uma boa carreira no nosso país, onde a marca finalmente começa, e de forma muito justa, a ser reconhecida. Com um bom aspecto, um interior espaçoso no seu segmento, bem equipado e com consumos comedidos, bem como uma performance que não envergonha, o Kia Stonic é uma proposta que deve ser ponderada. Um igual ao das fotos? Pode ser seu por apenas 24.100€. Ah! E inclui a garantia de 7 anos ou 100.000km!

KIA Stonic 1.6 CRDi 110 TX

Especificações:
Potência – 110cv às 4000rpm
Binário – 260Nm às 1500 ~2750rpm
Consumo Combinado Anunciado – 4,2L/100km
Consumo Combinado Medido – 5,8L/100km
Aceleração 0-100km/h (oficial): 11,3s
Velocidade máxima (oficial): 175km/h

Preços:
Novo KIA Stonic desde: 14.501€*
Preço da versão ensaiada: 24.101€*

*Inclui campanha de lançamento no valor de 3900€.

 

KIA Stonic 1.6 CRDi
16.2 Pontos
O que gostámos mais:
- Estilo Exterior - Bagageira - Equipamento - Motor 1.6 Diesel
O que gostámos menos:
- Materiais Rijos - Consumos (talvez devido a baixos quilómetros) - Posição do bocal do depósito face ao descrito no painel de bordo
Resumindo e concluíndo:
O KIA Stonic é sem duvida um bom produto, que se o publico aceitar (muito provavelmente) o seu aspecto exterior, pode muito bem começar a ser bastante visto nas nossas estradas. Com uma boa gama de motores, um espaço interior generoso, bem como preço/equipamento bem colocados no mercado. O KIA Stonic pode ter nascido vencedor.
Motorização15.5
Perfomances16
Comportamento16.5
Consumos16
Interior16
Habitabilidade16
Materiais/Qualidade de construção15.5
Equipamento de Série17
Value for Money17.5
Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!