Início Notícias Alpine chega a Portugal (parte I)  

Alpine chega a Portugal (parte I)  

Alpine chega a Portugal (parte I)  
0
0

“Novo espaço, para uma marca que regressa”

Chegou a altura do esperado regresso da Alpine. Para isso, inaugura um espaço único e exclusivo, desenvolvido precisamente a pensar neste desportivo da marca histórica nascida em Dieppe.

Vamos “reavivar” a memória.

A Alpine nasceu no dia 25 de Junho de 1955, pelas mãos de um jovem francês de 33 anos, Jean Rédélé, que era um homem que também tinha um bom talento para o volante, mas que estava bem longe de saber o ‘monstro’ que estaria a criar, marca que levaria muitos dos palmares do desporto automóvel dessa época, principalmente após o lançamento do seu modelo mais memorável, o A110, em 1962.

A marca estreou-se nas vitórias em 1971, e daí, preparou-se para dominar os pódios, com isso a acontecer também em Portugal, onde venceu o ‘nosso’ rali por duas vezes, que era (e ainda é) uma das provas automobilísticas mais disputadas do panorama mundial!

Tudo isso, deu à marca o campeonato mundial em 1973. Mas não foi só nos ralis que esta marca criou historia, já que também venceu a corrida de resistência mais famosa do mundo, as 24h de Le Mans, com o Alpine A 442B em 1978, depois disso, participou em várias temporadas de Fórmula 1.

Vamos para o presente:

Para se inspirar no Novo Alpine A110, a marca baseou-se no…A110!

Porquê? Porque reaviva um design intemporal, de um modelo que se tornou um símbolo automóvel dos anos 70. Com um chassis e carroçaria em alumínio, foi profundamente desenvolvido em túnel de vento, de forma a ter as melhores prestações possíveis, o que também é possível devido às suas pequenas dimensões. A reduzida altura ao solo, bem como o motor e eixo de tracção atrás, tornam-no em uma proposta verdadeiramente desportiva.

Esse motor é um quatro cilindros, 1.8 sobrealimentado por um turbo, que desenvolve 252cv, o que num automóvel com 1080kg, dá uma relação peso-potencia de apenas 4,3kg/cv. Para além de uma condução mais envolvente, oferece ainda ao condutor um arranque dos 0 aos 100km/h em apenas 4,5s e uma velocidade máxima de 250km/h (limitada eletronicamente)

Onde o podemos encontrar?

Em Portugal, o primeiro concessionário Alpine está localizado no concessionário da Renault Chelas, um dos quatro polos Renault Retail Group Portugal, que em 2017 comercializou mais de 10 mil unidades, o que se compararmos com a tabela das marcas mais vendidas, representa o volume total da 11ª marca do mercado nacional. Uma escolha lógica, portanto.

Mas esqueça a ideia de que não se diferencia da Renault, este centro Alpine é exclusivo e mais nobre que a sua “marca irmã”, com uma equipa 100% dedicada, quer na venda, quer no pós-venda, com mecânicos especializados em tratamento de carroçaria em alumínio.

Para o ver, basta dirigir-se ao concessionário da Renault Chelas, que este modelo está pronto para o voltar a ver, depois de ter ‘desaparecido’ em 1995.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!