Início Notícias Mazda “abre as portas” aos elétricos com o MX-30

Mazda “abre as portas” aos elétricos com o MX-30

Mazda “abre as portas” aos elétricos com o MX-30
0
0

“Por caminhos nunca antes conduzidos”

A Mazda resolveu em pleno salão de Tóquio, apresentar o seu primeiro elétrico, o MX-30. E se pensam que é um concept, enganem-se, este é o “the real deal”, e estará já nos concessionários da marca ao longo do próximo ano de 2020.

Poucas semanas após ter começado a vender o CX-30, a Mazda apresenta o MX-30, e não, este pequeno SUV não tem nada a ver com o pequeno roadster japonês, mas tem um ponto comum com ele. Isto porque a marca refere que quando usa o prefixo MX é porque está a desafiar as convenções da indústria. Como fez na altura do MX-5, quando os roadsters de dois lugares estavam a ser abandonados pelos outros construtores… Agora, a razão está dada, mas a verdade é que SUV elétrico é algo que na atualidade é um verdadeiro “prato do dia”.

Quanto à estética, o MX-30 continua com a filosofia de design KODO, ainda que apresente mais superfícies lisas do que em outras propostas da gama, num exterior onde a novidade principal é as portas que se inspiram no desportivo RX-8 (ou na pick-up BT-50, se forem mais aventureiros). O interior é bem simplista e moderno, onde se nota um toque de maior luxo, ao juntar a pele e tecido com…cortiça! Sim, os a marca japonesa começou assim: a produzir rolhas (não em cortiça) para as garrafas de vinho japonês, e não só. Mas um dia falaremos sobre isso com maior detalhe…

O motor e a autonomia.

Aqui é onde muito importa, e onde este Mazda MX-30 não impressiona tanto com esperaríamos. O motor e-Skyactiv (assim se chama o motor elétrico da marca) desenvolve cerca de 140cv e um binário máximo de 265Nm, o que está em linha com os seus concorrentes. Contudo, a autonomia é mais limitada, graças à sua bateria de 35,5kWh, o que lhe permite circular apenas 200km emitindo zero emissões.

Porém, existem rumores que a Mazda poderá vir a oferecer este MX-30 numa versão de autonomia estendida, com um motor que deverá funcionar como gerador, e que até poderá ser rotativo. Até lá não passa apenas disso, um mero rumor.

O Mazda MX-30 já pode ser encomendado nos concessionários da marca, sendo pedido ao cliente um deposito de 1000€ que será depois deduzido ao valor final do modelo, que ainda não é conhecido, mas que deverá rondar os 35.000€.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!