Início Notícias Volvo apresenta o C40, o seu primeiro modelo exclusivamente elétrico

Volvo apresenta o C40, o seu primeiro modelo exclusivamente elétrico

Volvo apresenta o C40, o seu primeiro modelo exclusivamente elétrico
0
0

“C40, modelo de revolução”

 

A Volvo apresentou o C40, um novo modelo que conjuga a imagem de um SUV com a de um coupé, aproveitando muito do XC40, mas este, ao contrário do SUV mais pequeno da marca, só será oferecido numa versão 100% elétrica.

Mas nesta apresentação, a Volvo revelou também que irá acabar com a oferta de modelos com motor a combustão a partir de 2030.

Este modelo não esconde na sua estética uma grande inspiração no XC40 Recharge, com as maiores diferenças a surgirem na sua traseira, mais inclinada com os farolins verticais e um spoiler proeminente. Este Volvo C40 é também o primeiro modelo da marca a contar com sistema “Advanced Pixel” que irão oferecer uma visibilidade mais competente, mesmo durante a condução noturna.



No interior, para além da ausência de superfícies em pele (assim quer a Volvo nos seus modelos elétricos), a novidade maior está no sistema de infotainment que conta com uma parceria com a Google, de forma a tornar este sistema em um dos mais competentes do mercado.

O Volvo C40 está assente na plataforma CMA, a mesma usada pelo XC40. Os motores elétricos são dois, estando divididos entre os dois eixos para garantir uma melhor repartição de peso, mas também a tração integral. Em conjunto, esses motores debitam 408cv de potência e 660Nm de binário, fazendo com que este C40 seja capaz de uma aceleração dos 0 aos 100km/h em apenas 4,9s. A bateria de 78kWh será capaz, segundo a marca, de garantir uma autonomia de 420km em ciclo WLTP. A novidade aqui é que poderá ser atualizada ao longo do tempo, graças a updates remotos (Over The Air).

Nesta apresentação, foi também demonstrado pela marca que existe uma vontade em simplificar a escolha do consumidor, com configurações pré-definidas para uma entrega ao cliente mais rápida. O modelo começará a ser produzido a partir de setembro, em Gent, Bélgica. Com as primeiras entregas a estarem previstas para o final deste ano.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!