Início Notícias Próximo Mazda6 com tracção traseira e seis cilindros em linha?

Próximo Mazda6 com tracção traseira e seis cilindros em linha?

Próximo Mazda6 com tracção traseira e seis cilindros em linha?
0
0

“Enquanto uns desperdiçam…”

 

Há rumores automóveis que, quando os escrevo, espero por tudo que se venham a tornar numa realidade. Fiquem sabendo que este é um desses. A Mazda consegue ser ainda uma das marcas automóveis presentes no mercado, que mais preocupadas com quem vai a conduzir, oferecendo um “prazer de conduzir” em qualquer modelo da sua gama. Se este rumor for verdade, isso está garantido (e aumentado) por mais uns anos.

O rumor é que a marca japonesa está a revolucionar o seu Mazda6, que está já em desenvolvimento e deverá chegar apenas no final de 2022. Segundo algumas fontes, e patentes descobertas, o modelo poderá passar a contar com tração traseira (em vez da dianteira desde a primeira geração), motores montados de forma longitudinal, sendo um deles a ser um novo motor Skyactiv-X, com arquitetura de seis cilindros em linha, capaz de debitar 350cv de potência, graças a uma assistência Mild-Hybrid 48v! Vá, respirem!



Para quem não sabe, a Mazda está a trabalhar em estreita colaboração com a Toyota e Lexus, o que aumenta a possibilidade deste novo propulsor encontrar lugar na futura geração dos Lexus IS e RC.

No que toca ao seu design exterior, é esperado que o novo Mazda6 seja fortemente inspirado pelo Vision Coupe concept (nas fotos acima), apresentado no Tokyo Motor Show de 2017, que já deixava antever a arquitetura que aqui avançamos, que, esperemos nós, de forma certeira!

A “cereja no topo do bolo” seria a Mazda oferecer, tal como a Lexus, uma versão de quatro e outra de duas portas, como o IS e RC. Mas isso deixaremos mais para a frente. Para já ficamos com a tração traseira, que só isso já vale “ouro” para nós, e para a Mazda!

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!