Início Ensaios KIA Ceed Sportswagon PHEV

KIA Ceed Sportswagon PHEV

KIA Ceed Sportswagon PHEV
0
0

“Um futuro mais lógico”

 

Os elétricos, sempre os elétricos. Boas apostas, mas que para algumas pessoas, seja por razões físicas, como falta de locais de carregamento ou devido a trajetos longos, ainda não são as opções a tomar. Mas para quem quer “fugir” ao diesel, os híbridos, neste caso os plug-in, são a solução.

 

A KIA não “dorme” e reforça ainda mais a sua gama CEED, com a inclusão na Sportswagon (e depois no XCeed) da variante Plug-In Hybrid, que junta o motor 1.6 GDi com um motor elétrico de 44,5kWh, de forma a conceder a esta proposta familiar uma potência combinada de 141cv. A mais potente, se esquecermos a variante GT, mais emocional, disponível somente no Hatchback e na ProCeed.

Esteticamente, a KIA Ceed SW PHEV destaca-se pelos seus para-choques redesenhados, com um fluxo aerodinâmico aprimorado na frente, onde apresenta uma grelha superior fechada, assim como na traseira a inclusão de uma “dupla ponteira de escape” falsa. As jantes de 16’’ são a única opção, já que a Ceed SW PHEV só está disponível nesta versão Drive, de forma a conseguir manter os seus preços competitivos.

Passando para o interior, as diferenças não são muitas face a uma KIA Ceed “tradicional”, a maior diferença vai para a ausência de um conta-rotações, substituído agora por um mostrador do fluxo de energia. De resto, tudo idêntico, com um espaço interior confortável para cinco passageiros, mas com a bagageira a sofrer um decréscimo de 188L de capacidade, passando dos 625L das versões de combustão, para os 437L desta variante mais “ecológica”.



Passando por isso, e se não for problema, a KIA Ceed PHEV está pronta para “brilhar” com uma elevada eficiência.

A bateria de 8,9kWh é capaz de fazer 60km em autonomia elétrica, facto que comprovámos no nosso ensaio, e que graças a isso conseguiu uma média de 2,0L/100km, nos primeiros cem quilómetros, já que depois passa a ser uma carrinha “híbrida convencional”. Ainda assim, os consumos não escalam para lá dos 5L/100km, o que se revela verdadeiramente interessante.

Uma das diferenças que o grupo KIA/Hyundai optou, no desenvolvimento dos seus modelos híbridos, foi o uso de uma transmissão de dupla-embraiagem, ao invés do que tem sido usado por outros construtores, com as transmissões CVT. Com isto, a experiência de condução é mais natural, não havendo o típico “gritar” em retomas de velocidade. E é só aí nos lembramos que não temos um conta-rotações disponível…

Os modos de condução são dois: ECO e Sport. Obviamente, a maior parte do tempo foi passada a conduzir no primeiro, onde a resposta seja do pedal, seja da transmissão DCT de 6 relações está feita para que o consumo seja o mínimo. No modo Sport é bem notório o aumento de performances, ainda que esta não seja a proposta ideal da “família Ceed” para correrias.

O seu peso é 81kg superior face à Ceed SW diesel com transmissão de dupla-embraiagem (a sua rival dentro da gama). Embora exista esse aumento de peso, existe pouco impacto nas prestações, com a aceleração dos 0 aos 100km/h a demorar 10,8s (+0,7s que a diesel), e a mesma velocidade máxima de 200km/h que a sua irmã preferida. Em curva a KIA Ceed SW PHEV cumpre, não exibindo reações adversas ou fora do normal.



No final, esta KIA Ceed SW PHEV é uma boa opção?

Existem duas respostas.

Se for um cliente privado, o seu aumento de preço de quase dez mil euros para os 36.090€ e uma quebra no equipamento a bordo dificilmente justificam esta PHEV face à 1.6 CRDi de 136cv, que também já conta com tecnologia Mild-Hybrid. Mas, de qualquer maneira, esta PHEV continua a ter um preço justo, tendo em conta a sua motorização, que ainda é praticamente exclusiva no segmento C.

Se for um cliente empresarial, esta opção pode fazer todo o sentido. Isto porque fica em pouco mais de 1.500€ que a versão diesel com a mesma transmissão, graças à possibilidade completa do IVA. Para além disso, verifica-se também um menor IUC e ISV para veículos Plug-In, assim como uma tributação autónoma que, no caso desta proposta, fica em apenas 5% devido ao seu preço (sem IVA) ficar abaixo dos 27.500€.

Portanto, se o seu contribuinte começar por 5, a escolha é simples, não acha?


KIA Ceed Sportswagon 1.6 GDI 6DCT PHEV Drive

Especificações:
Potência combinada – 141cv
Binário combinado – 265Nm
Aceleração dos 0-100 (oficial): 10,8s
Velocidade Máxima (oficial): 200km/h
Consumo Anunciado primeiros 100km (Consumo medido) – 1,3l/100km (2,0l/100km)

Preços (c/campanha):
KIA Ceed Sportswagon PHEV desde: 36.090€
Preço da versão ensaiada: 36.520€


Queres ser mais aventureiro? 
O XCeed é para ti! 

 

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!