Início Notícias Hyundai apresenta vasto restyling para o Santa Fe

Hyundai apresenta vasto restyling para o Santa Fe

Hyundai apresenta vasto restyling para o Santa Fe
0
0

“Muda (quase) tudo!”

 

A mais recente geração do Hyundai Santa Fe não chegou há muito tempo ao nosso mercado, mas a marca atribuiu já a este modelo um restyling, algo expressivo, que mais do que estética recebe também uma importante adição de variantes híbridas e plug-in.

A marca é uma das que atualmente tem um ciclo de vida mais curto dos seus modelos, em média cinco anos. Por isso é normal que estas grandes alterações surjam logo dois, a dois anos e meio após o seu lançamento. É a receita para manter uma gama jovem e forte!

As diferenças na dianteira são vastas, com os projetores que continuam em “dois pisos”, mas que agora recebem uma nova assinatura luminosa, numa grelha maior e mais retangular. Na secção traseira, a Hyundai seguiu “a moda” e também uniu os seus faróis, para além de receber igualmente um novo para-choques.



As alterações continuam no interior, e foram também elas fáceis de notar. Seja pelo novo arranjo da consola central, seja pelo ecrã multimédia que conta agora com 12’’ polegadas, ou mesmo pelo painel de instrumentos 100% digital, que confere a este Hyundai Santa Fe maiores atributos tecnológicos.

Mas isso é também conseguido através de novos equipamentos, como estacionamento automático (com ajuda de controlo remoto), condução autónoma de nível 2, sistema de aviso à colisão à retaguarda, assim como os Apple CarPlay e Android Auto, que aqui evoluem para uma transmissão…sem fios!

Mas as diferenças não se ficam por aqui, longe disso. Isto porque as dimensões mudaram, o Santa Fe é agora 1,5cm mais comprido, e 1cm mais largo. E isto esconde uma nova plataforma, estreada no Sonata, o que lhe permite agora beneficiar de motores híbridos. E são dois, os que complementam a oferta diesel.



O primeiro é o conjunto entre o motor 1.6 T-GDi com um motor elétrico de 44,2kW, que lhe garante uma potência total de 230cv e 350Nm de binário. Disponível com tração dianteira e transmissão automática de seis velocidades.

A versão Plug-In chegará um pouco depois aos concessionários, e equipa com o mesmo motor 1.6 T-GDi, mas aqui trabalhando em conjunto com um motor elétrico de 66,9Kw, armazenando a energia numa bateria de 13,9kWh. A potência combinada é de 265cv e 350Nm, enquanto a autonomia 100% elétrica anunciada é 65km, segundo as normas NEDC.

O diesel continuará disponível, com o 2.2 CRDi de 200cv e 440Nm a trabalhar com a transmissão de dupla-embraiagem e oito relações.

Ainda é importante ressalvar, que pela primeira vez, o Hyundai Santa Fe conta com o Terrain Selector, que pode ser ajustado ao tipo de terreno que este SUV poderá enfrentar. Existem três modos: Areia, Neve e Lama, assim como os já conhecidos: Eco, Sport e Comfort.

O renovado modelo deverá chegar aos concessionários ainda este ano, após o verão. A versão Plug-In Hybrid só deverá chegar no inicio de 2021.

 

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!