Início Notícias FIAT “electrifica” 500: Nasceu o 500e com mais de 300km de autonomia!

FIAT “electrifica” 500: Nasceu o 500e com mais de 300km de autonomia!

FIAT “electrifica” 500: Nasceu o 500e com mais de 300km de autonomia!
0
0

“Piccolo e silenzioso”

É uma realidade. O FIAT 500 tem uma nova geração, inteiramente nova, desenhada desde o inicio para ser um automóvel elétrico. Gostam do atual? Não se preocupem, ele vai continuar por cá.

 

Pois, é isso mesmo, o FIAT 500 como o conhecemos vai continuar a sua caminhada, depois de parecer não querer abrandar em termos de sucesso. Este novo 500e é o seu companheiro de gama, mais tecnológico, mas construído no berço da marca, em Turim.

Olhando para esta nova iteração, é notória a sua imagem, continuando vintage, mas com toques mais modernos e futuristas, quase parecendo um concept final. Com painéis mais estilizados, puxadores embutidos e até um novo desenho dos grupos óticos em LED. O símbolo da FIAT desaparece passando apenas um simples 500, mostrando cada vez mais que o modelo é uma marca dentro da própria marca.



A traseira é agora mais robusta, mas ainda em linha com a proposta que conhecemos desde 2007. Aqui um detalhe, com a assinatura luminosa em E, a fazer referencia ao modelo “Eletrico”. Medindo, o 500e é 6 centímetros mais longo que o 500, com a distancia entre eixos a aumentar 2cm.

Passando para o interior, é encontrada uma revolução. Com organização horizontal, integra mais tecnologia onde se destacam os ecrãs de grandes dimensões: painel de instrumentos 100% digital com 7 polegadas, e um sistema multimédia, renovado com 10,25’’ polegadas. O volante de dois braços também se revela completamente novo, num interior que não aproveita muitas peças de outros modelos da marca, tal mostra a importância que a FIAT colocou neste novo modelo. A ausência de túnel central também é motivo de destaque neste interior.



Quanto à tecnologia, o FIAT 500e mostra-se num novo nível para um automóvel citadino, com sistemas como o assistente de via, cruise-control adaptativo, assim como assistente ângulo morto e travagem automática. Existem ainda três diferentes modos de condução: Normal, Range e Sherpa…

O modelo que pode ser já encomendado em alguns mercados europeus, está disponível com um motor elétrico com uma potencia de 118cv, e uma bateria de 42kWh. As prestações são generosas, com uma velocidade máxima de 150km/h e uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 9segundos. Mas isso pouco importa, num automóvel que promete uma autonomia de 320km! Bem acima do seu principal rival, o Honda e.

Os preços ainda não são conhecidos, mas é claro que o 500e é um produto mais caro que o “normal” 500 mild-hybrid que se prepara para chegar também. A sua chegada deverá acontecer ainda este ano, em data a ser anunciada.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!