Início Ensaios Renault Talisman ST Executive 1.6 dCi 130

Renault Talisman ST Executive 1.6 dCi 130

Renault Talisman ST Executive 1.6 dCi 130
0
0

“Oportunidade Executiva”

A Renault Talisman é o terceiro elemento de uma ofensiva que a marca tem para com o segmento D. Depois da versão berlina ter sido testada logo no início da sua comercialização na versão Initiale, chegou agora a altura de testar a variante ST: Sport Tourer, numa versão recém-chegada ao mercado, a Executive, que promete por um preço mais baixo atingir uma maior gama de clientes, sejam eles particulares ou empresariais.

O seu estilo impacta, não só devido à sua generosa dimensão, mas também graças a uma imagem estatutária e imponente graças à sua longa frente, onde na grelha o grande losango da marca assume o destaque, acompanhado pelos faróis Full LED com formato em C, e que dão a esta carrinha uma assinatura luminosa inconfundível. As suas linhas são agradáveis e acentuadas por vincos que lhe dão uma elegância interessante, facto comprovado na parte posterior, onde se destacam os farolins também em LED com um desenho mais prolongado que o habitual. Ainda na traseira, a desportividade não foi esquecida graças ao spoiler superior, à imagem descente da sua silhueta ou às jantes de 18’’ polegadas.

A Talisman conquista no seu exterior, mas e no interior, consegue ser sedutora?

Esse é um dos aspectos mais procurados num automóvel deste género. O aspecto exterior é, e será obviamente, um ponto importante, já que tem que contar com um ar premium, sem ser demasiado espampanante, ao mesmo tempo que não pode cair numa sobriedade demasiada. Mas é acima de tudo o interior que conquista os clientes, e nesta versão Executive, esse vem bem recheado.

Os pontos que chamam a atenção são, desde logo, o seu espaço habitável, assim como a bagageira de 572L, não uma das maiores do segmento, mas ainda assim um bom valor graças ao portão de abertura eléctrica e ao baixo piso de carga. Destaca-se também pelos espaços arrumação e pela sensação de maior cuidado na apresentação, com muitos elementos de toque a serem “aborrachados” ou mesmo revestidos a pele, e isso é bem perceptível no lugar do condutor, local onde depois de encontrar uma posição de condução confortável (bancos em pele e tecido) podemos ver todo o leque de equipamento de série.

Os olhos viram-se logo para a consola central, onde se encontra o “cérebro” da Renault Talisman, com o ecrã táctil vertical de 8,7’ a ser o “centro de comando” para quase todas as funções. Por vezes não é intuitivo e carregamos em funções que não queríamos, mas acaba por ser rápido e bastante completo, sendo agora já compatível com Android Auto ou Apple CarPlay.

Este sistema conta ainda com o sistema Multi-Sense, que permite “afinar” o carro à nossa medida, com quatro modos, podendo ser um deles totalmente personalizado pelo condutor, que pode alterar a resposta do motor, da climatização, a suspensão ou do sistema 4Control, que é opcional nesta versão (1100€), e que permite que em velocidades mais elevadas as rodas traseiras também rodem no mesmo sentido das dianteiras, de forma a dar uma maior sensação de estabilidade, com o inverso a acontecer a baixa velocidade, de forma a auxiliar as manobras.

Disponível em três motores (dois diesel e um gasolina), esta unidade contava com o menos potente, mas que deverá levar a maior parte das vendas. O 1.6 dCi de 130cv, aliado à caixa manual de seis relações, acaba por se revelar uma boa surpresa ao conseguir “puxar” bem os 0000kg de peso, e que apresenta boas prestações, com os 100km/h a chegarem em 10,8s e a velocidade máxima anunciada a atingir os 200km/h.

Mas a Talisman ST é feita essencialmente para viajar, e nisso ela compete ainda melhor a sua direcção, que pode ser personalizada em três níveis, sendo fácil descobrir o preferido, o que com a ajuda do sistema 4Control consegue ser bastante neutra e segura nas suas reacções. Destaque também para o conforto de rolamento, com o conjunto suspensão/amortecedor a absorver grande parte das irregularidades, mesmo em pisos mais degradados.

No capítulo da condução, apenas a caixa manual de seis velocidades poderia ter um curso mais curto ou um tacto mais mecânico, bem como um escalonamento que privilegiasse melhor o binário de 320Nm que este motor possui. Contudo, não é um problema, ainda que a mudança custe 4.490€, este modelo pode contar com caixa EDC de dupla embraiagem, que nos alivia ainda mais na tarefa da condução.

Esse alívio surge também em outros pontos, como no equipamento de segurança activa: com o regulador de velocidade adaptativo (ACC), a travagem ativa de emergência (AEBS), assim como o alerta de transposição involuntária de faixa (LDW), o alerta de excesso de velocidade com reconhecimento dos sinais de trânsito (OSP com TSR), o aviso de ângulo morto (BSW), a câmara de marcha-atrás, e o sistema de ajuda ao estacionamento dianteiro, traseiro e lateral. Na noite escura, podemos ainda contar com os faróis com máximos automáticos. Saiba ainda que se a fila de trânsito estiver a “dar cabo do seu stress”, a Talisman Executive conta ainda com três diferentes tipos de massagem e vários níveis de intensidade.

Para que essa tranquilidade não acabe, os consumos são comedidos, com uma média combinada final a cifrar-se nos 5,6L/100km e um descanso de 5 anos ou 150.000km graças à garantia dada pela marca.

É o Renault Talisman uma boa opção? Para quem necessita de uma carrinha com um aspecto mais “burguês”, e um grande conforto a bordo, sim, é efetivamente uma boa opção. Não é a mais dinâmica do segmento, mas o sistema 4Control ajuda a atenuar isso, além de contar com um vasto equipamento. O motor é suficiente para andamentos normais, e brinda-nos com consumos simpáticos. De qualquer maneira, aconselhamos a caixa EDC opcional. No fim fica a promessa: vai cruzar quilómetros seja em trabalho ou lazer com uma boa dose de conforto, com uma unidade como esta a ficar pouco acima dos 40 mil euros.

Outra Hipótese: Algo mais pequeno, mas gosta de Renault e que tal uma Megane ST? Leia aqui.

Renault Talisman ST 1.6 dCi 130 Executive

Especificações:

Potência – 130cv às 4000rpm
Binário – 320Nm às 1750rpm
Consumo Combinado Anunciado (Medido) – 4,0l/100km (5,5l/100km)

Preços:
Renault Talisman ST desde: 35.140€
Preço da versão ensaiada :40.520€
Preço da unidade ensaiada: 42.870€

Carrega nas fotos e vê este Renault Talisman em detalhe:

 

Renault Talisman ST 1.6 dCi Executive
16.1 Pontos
O que gostámos mais:
- Interior - Sistema 4Control - Consumos - Bagageira
O que gostámos menos:
- Resposta em baixa rotação - Alguns plásticos
Resumindo e concluíndo:
O Renault Talisman deixa para trás o Laguna. O familiar médio da marca conta nesta versão ST com a sua variante mais espaçosa. O motor 1.6 dCi é poupado e a sua condução é confortável.
Motorização15.5
Perfomances15
Comportamento16
Consumos17
Interior16
Habitabilidade16.5
Materiais/Qualidade de construção16
Equipamento de Série17
Value for Money16

“A pontuação acima é totalmente da nossa opinião. Esta, tem a ver com o modelo e versão ensaiadas, tendo em conta o segmento onde a mesma se insere.”

Legenda da pontuação:
0-5: Mau;
6-10: Satisfaz Pouco;
11-15: Razoável;
16-17: Bom;
18-19: Muito Bom;
20: Excelente;

 

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!