Início Ensaios Mazda 6 SW 2.2 SkyActiv-D 175 Excellence

Mazda 6 SW 2.2 SkyActiv-D 175 Excellence

Mazda 6 SW 2.2 SkyActiv-D 175 Excellence
0
0

“Fulcral”

A Mazda é uma marca automóvel japonesa criada em 1920 pelo seu fundador Jujiro Matsuda e, com base em Hiroxima, construiu um império de sucesso, onde se destaca a concepção de um dos seus modelos mais populares, que é também o roadster mais vendido do mundo, o MX-5.

Esse modelo, que vai na quarta geração, já por cá passou, e continuará a passar. Contudo, hoje é altura de falar de outro dos seus bons modelos, e que se prepara para receber mais um restyling, mas que ainda regressa de forma a mostrar uma vez mais que a filosofia da marca é muito orientada para um ponto fulcral: o prazer de conduzir.

Para isso, aproveitamos a boleia da Mazda 6 SW, o modelo mais familiar da gama, com o seu motor diesel mais potente de 175cv, conectado à caixa de velocidades manual.

O seu estilo é atraente, e mesmo após a terceira geração deste familiar ter sido apresentada em 2012 e os restyling terem sido apenas de pormenor, a sua aparência continua bastante actual e das mais cativantes, graças à filosofia de design KODO, com vincos e linhas bem distintas de propostas europeias mais “sóbrias”. No exterior também se destaca por vários elementos, como é o caso dos grupos ópticos, tanto dianteiros como traseiros, de desenho rasgado, ou pelas elegantes jantes de 19’’ que preenchem muito bem as cavas das rodas e que fortalecem a boa proporção exterior dada por esta carrinha.

Já no interior, é ligeiramente mais notório o “peso dos anos”, mas ainda assim é bastante confortável e fácil de usar. A posição de condução é a correta, baixa e bem alinhada com o volante e com as pernas mais esticadas (aqui está a filosofia que falámos acima). O tablier está bem organizado, com o sistema de infotenimento no topo a ser controlado pelo joystick central que nos faz evitar tirar os olhos da estrada. À nossa frente, o completo painel de instrumentos conta com o conta-rotações ao centro, mais uma traço de desportividade da marca, ainda que esta seja “apenas” uma carrinha diesel.

Por ser uma carrinha e por ser familiar, é então indispensável que acomode bem os passageiros e as suas respectivas bagagens, com a Mazda 6SW a responder positivamente. Se na frente o condutor e passageiro viajam bem sentados, com espaço e conforto, atrás os outros três passageiros também encontram uma posição cómoda graças à boa largura e espaço para as pernas, com “o do meio” a contar obviamente com alguns constrangimentos devido à maior altura do banco e do túnel central. A bagageira conta com abertura elétrica nesta versão Excellence, que nos dá acesso aos 520L de capacidade, que podem ser incrementados para uma maior volumetria graças ao rebatimento dos bancos que criam um piso plano.

«Portanto, convenientemente sentados, com as bagagens bem arrumadas e com o GPS a marcar um destino longínquo, é hora de partir, altura de carregar no Start.»

Conduzir um automóvel familiar há muito que deixou de ser uma tarefa aborrecida, ou sinónimo de algo depreciativo, e tal como dissemos, a Mazda continua muito preocupada com isso, garantindo à 6SW um comportamento digno assim como uma boa afinação dos comandos. Debaixo do capot estava presente a variante de 175cv do motor 2.2 SkyActiv-D (existe outra menos potente de 150cv), aqui ligada apenas às rodas dianteiras através de uma suave e muito bem escalonada transmissão manual de seis velocidades. Tudo isto forma um automóvel completo, ou seja, o bom peso da direcção faz sentir bem o automóvel, não se sentido o seu peso total de 1495kg e um comprimento perto dos cinco metros. Esse factor também é conseguido através do G-Vectoring Control, elemento incluído no último restyling feito a este modelo.

Este sistema consiste em ajustar o binário, tendo em conta o ângulo em que viramos o volante, controlando assim, graças a um software, a forma mais eficaz da aceleração, optimizando a carga vertical em cada uma das rodas, oferecendo uma superior tração, confiança e diversão na condução.

O motor ajuda a esta desenvoltura, com 175cv a mostrarem-se fortes e despachados, tal como o binário de 420Nm disponível a baixa rotação, evitando as trocas de marcha muito frequentes, aumentando a elasticidade do propulsor. Neste campo, ainda mais dois pontos fortes: a do baixo ruído a bordo, e do consumo comedido tendo em conta a potência.

Os pontos fortes estão também presentes no equipamento de série, com esta versão Excellence a vir bem recheada contando com o sistema de navegação, cruise-control e limitador, sistema de manutenção activa da faixa de rodagem, head-up display, faróis Xenon com máximos adaptativos, sistema de monitorização do ângulo morto, assim como outros elementos de conforto, sejam eles os vidros traseiros escurecidos, tecto de abrir ou bancos aquecidos, com a opção da pele a estar incluída nesta unidade.

Somando tudo, esta Mazda 6SW é uma opção face às alternativas que muitas vezes surgem na nossa cabeça quando pensamos num automóvel de segmento D. Bem equipada, com uma dinâmica interessante e um motor potente e comedido, conta com um interior espaçoso, bem como um interior bem organizado, mas que no restyling que acontecerá este ano ficará ainda mais actual. Vale a pena esperar só mais um pouco…

“Algo mais alto, mas igualmente familiar?”
Mazda CX-5 é a resposta!

 

Mazda 6 SW Excellence 2.2 SkyActiv-D 175 MT

Especificações:
Potência – 175cv às 4500rpm
Binário – 420Nm às 2000rpm
Aceleração dos 0-100 (oficial): 7,9s
Velocidade Máxima (oficial): 223km/h
Consumo Combinado Anunciado (Medido) – 4,5l/100km (6,2l/100km)

Preços:
Mazda 6 SW desde: 35.836€
Preço da versão ensaiada: 41.992€
Preço da unidade ensaiada: 45.972

Carrega nas fotos e vê este Mazda 6 SW em detalhe:

Mazda 6 SW
16.4 Pontos
O que gostámos mais:
- Comportamento - Consumos - Imagem - Transmissão
O que gostámos menos:
- Alguns plásticos - Iminência de restyling profundo no interior
Resumindo e concluíndo:
O Mazda 6 SW tem tudo o que uma carrinha familiar necessita: Espaço, conforto e consumos aceitáveis. Como beneficio, tem o que um condutor procura: dinamismo e prazer de condução. No entanto, se pensa em uma Mazda6, espere pelo restyling que chegará nos próximos meses.
Motorização16.5
Perfomances16.5
Comportamento17
Consumos16.5
Interior16
Habitabilidade16
Materiais/Qualidade de construção16.5
Equipamento de Série17
Value for Money16

“A pontuação acima é totalmente da nossa opinião. Esta, tem a ver com o modelo e versão ensaiadas, tendo em conta o segmento onde a mesma se insere.”

Legenda da pontuação:
0-5: Mau;
6-10: Satisfaz Pouco;
11-15: Razoável;
16-17: Bom;
18-19: Muito Bom;
20: Excelente;

 

 

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!