Início Notícias Anders Gustafsson (Volvo) fala do futuro da marca

Anders Gustafsson (Volvo) fala do futuro da marca

Anders Gustafsson (Volvo) fala do futuro da marca
0
0

“Inspirador e refrescante”

Foi no final do mês de Maio que esteve presente em Portugal, Anders Gustafsson. Para quem não conhece, este senhor Sueco de 48 anos é o Sénior Vice President da Volvo Car Group na região EMEA. Numa visita habitual que faz com a sua equipa aos países onde é responsável, deu a alguns jornalistas presentes uma conversa descontraída (como é típico da Volvo) sobre o futuro da marca, vindo de alguém que conhece a marca de uma forma profunda.

Isto porque Anders, começou a sua já longa carreira num concessionário Volvo da região onde era natural…

Depois de um ano em que a marca superou as suas metas e que apresenta já este ano resultados muito positivos, Anders mostrou-se confiante no trajecto da marca, mas não quis falar do passado, dizendo que esse já lá vai e o que mais interessa agora é mesmo o futuro, e que esse, vai ser brilhante!

Foi meio milhão de automóveis vendidos no ano passado, agora para 2020 esse número cresce ainda mais para atingir a marca dos 800 mil automóveis, e para isso a Volvo irá contar com uma gama mais jovem graças as plataformas modulares e à partilha de peças, algo que não funcionava muito bem anteriormente na marca, ou seja, no espaço de 4 anos, o novíssimo XC90 será o modelo mais antigo da sua gama de modelos…

Mostra disso foi os concept apresentados pela marca, precisamente um dia antes da nossa conversa, os 40.1 e 40.2 deixam Anders satisfeito, sabendo que com eles vai chegar a um público mais jovem, que pode neste momento não ter a Volvo nos seus “cálculos” quando pensa num carro novo.

Mas se estes concept o deixam entusiasmado, o Vice presidente da Volvo EMEA, acha que o que pode catupltar as vendas da marca será mesmo a sua imagem de segurança, num momento em que os automóveis autónomos prometem ser o futuro. Para se ter uma ideia da segurança, a Volvo mostra um video (que podem ver abaixo) onde tem a meta de que ninguém ficará gravemente ferido ou morrerá num Volvo da nova geração.

O projecto Drive-Me é a resposta da marca à proposta de Silicon Valley, já que serão 100 os automóveis autónomos que andarão nas estradas já no próximo ano, sabendo claro que é um passo muito importante e que toca em vários assuntos fracturantes. Para isso, Anders explicou que o autónomo vai começar de uma forma mais suave, terá de ser de entendimento conjunto entre as marcas, países e todos os envolvidos.

Para além da segurança, a preocupação com o ambiente é uma constante, por isso, também até 2020 existirá uma proposta 100% eléctrica ou Plug-In hybrid em todos os patamares da gama da marca Sueca, o que já é visível no caso do V60, V90 e XC90…

O futuro só pode ser brilhante, e se para muitos, o ser desportivo ou ter estado na competição era um trunfo, estamos numa era em que a segurança é o que mais importa, e a Volvo nunca mudou isso, fosse pelo que fosse, por quem fosse.

Saímos daquela sala com um sentimento que a marca vai crescer ainda mais, positivos e acima de tudo sabendo que andar de automóvel vai ser cada vez mais uma tarefa segura, porque o mais importante, somos nós! Confira abaixo se não é verdade:

 

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!