Início Ensaios Hyundai i30 SW 1.6 CRDi 110cv

Hyundai i30 SW 1.6 CRDi 110cv

Hyundai i30 SW 1.6 CRDi 110cv
0
0

“Al gusto”

A Hyundai teve, nas suas últimas propostas de mercado, bons indicadores com uma superior agradabilidade de condução e uma melhor qualidade, factores que juntamente com bons equilíbrios entre preço/equipamento, dão um bom “boost” nas vendas da marca no nosso país.

Depois do pequeno i20, e do SUV Tucson, o i30 veio dar luta para o segmento C, mas sabe-se que para vencer é necessária uma carrinha capaz, e para isso, a marca Coreana não poupou esforços, concebendo a Hyundai i30 SW, com um estilo agradável e uma boa modularidade e capacidade de bagageira.

Portanto, partindo da boa base do i30, a variante SW cresce 245mm. Esse aumento de comprimento apresenta uma traseira bem desenhada e agradável, com um silhueta descendente, de desenho limpo e fácil de gostar, e a contar com grupos ópticos de boas dimensões, em LED.

A frente é uma cópia do hatchback, portanto, exibe linhas bastante suaves e uma grelha de grandes dimensões com padrão diamantado, sendo ladeada também pela iluminação diurna LED, que lhe confere uma boa presença. Mas esse aumento de comprimento tem claras vantagens no interior, já que este i30 SW acaba por ser uma das carrinhas com maior espaço para bagagens do segmento, com uns muito bons 602L de capacidade, com a vantagem de ter um piso liso, e uma entrada larga e baixa, óptimo para as cargas e descargas. Conta ainda com diversos espaços individuais de arrumação (8), que não invalidam o uso de uma roda suplente de emergência em caso de furo. O bom espaço continua no resto do interior, com a i30 SW a conseguir acomodar sem problemas três passageiros, graças à boa altura para a cabeça e pelo túnel de transmissão pouco intrusivo, ao mesmo tempo que apresenta, para um maior conforto, saídas de ventilação dedicadas.

Os passageiros dianteiros também circulam com grande conforto, com uns bancos que conferem um bom apoio e fazem adivinhar boas viagens. O tablier possui um bom arranjo, de dois pisos, com destaque para o ecrã central que inclui todas as principais funções multimédia, com a climatização a ficar mais abaixo, que nesta versão Confort, não é automática.

Debaixo do capot está, muito provavelmente, o motor que será o preferido no nosso país, o 1.6 CRDi de 110cv (também existe variante de 136cv). Num primeiro contacto, é perceptível a boa insonorização e o bom trabalho feito na anulação de vibrações a bordo.

Com um funcionamento suave, é acompanhado pelas mesmas características dos comandos, com a transmissão de seis a estar igualmente bem escalonada, mesmo que não seja necessário muito recurso, já que o binário de 270Nm está disponível numa boa faixa entre as 1900 e as 2750rpm, e a potência máxima aparece logo de seguida às 3750rpm. Em termos de consumos, não é recordista na sua classe, mas não desilude, com uma média combinada de 6,1L/100km.

Neste nível Confort + Navi Pack, a i30 SW já vem bem equipada, com ar condicionado, navegação, sistema Bluetooth, bem como Carplay e Android Auto. O Cruise-Control conta também com limitador de velocidade, e ainda no capítulo do conforto, nesta versão, o sensor de luz e chuva também é de série, bem como a câmara de estacionamento. Para um upgrade, com 1500€, o i30SW Style conta já com barras de tejadilho e frisos cromados, jantes de 17’’ em vez destas de 16’’, vidros escurecidos e faróis LED.

Hyundai i30 SW 1.6 CRDi 110 Confort + Navi Pack

Especificações:

Potência – 11ocv às 4000rpm
Binário – 280Nm às 2000rpm
Consumo Combinado Anunciado – 3,8L/100km
Consumo Combinado Medido – 6,1L/100km
Aceleração 0-100km/h (oficial): 11,3s
Velocidade máxima (oficial): 188km/h

Preços:
Hyundai i30 SW 1.6 CRDi 110 desde: 26.500€
Preço base da versão ensaiada: 27.100€

Hyundai i30 SW CRDi 110
16 Pontos
O que gostámos mais:
- Motor - Bagageira - Equipamento
O que gostámos menos:
- Preço - Consumos
Resumindo e concluíndo:
A Hyundai i30SW é a peça do puzzle que faltava à família Hyundai. Com um motor diesel eficaz, é normal que esta seja a versão favorita dos portugueses.
Motorização16.5
Perfomances16
Comportamento15.5
Consumos14.5
Interior16
Habitabilidade17
Materiais/Qualidade de construção16.5
Equipamento de Série17
Value for Money15

“A pontuação acima é totalmente da nossa opinião. Esta, tem a ver com o modelo e versão ensaiadas, tendo em conta o segmento onde a mesma se insere.”

Legenda da pontuação:
0-5: Mau;
6-10: Satisfaz Pouco;
11-15: Razoável;
16-17: Bom;
18-19: Muito Bom;
20: Excelente;

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!