Início Lifestyle Serviço de mobilidade emov chegou a Lisboa

Serviço de mobilidade emov chegou a Lisboa

Serviço de mobilidade emov chegou a Lisboa
0
0

“Nova opção”

A mobilidade da cidade de Lisboa aumentou ontem, com o início das operações da emov, uma nova alternativa de carsharing, que adopta uma frota de 150 automóveis totalmente eléctricos. Os Citroën C-Zero, com 4 lugares e 5 portas podem ser alugados em regime de freefloating.

Isto significa que os utilizadores registados na aplicação podem aceder, através dos seus smartphones, a qualquer um dos automóveis da emov “espalhados” pela cidade, com a grande vantagem de estacionar no centro da cidade, em áreas regulamentadas sem ter que se preocupar com o pagamento. Outra vantagem? O seu preço de apenas 0,21 cêntimos por minuto.

Como exemplo, uma utilização de 12 minutos (média das deslocações no centro da cidade), terá um preço de aproximadamente 2,50€. Existe ainda uma tarefa diária, para utilização prolongada, de cinco horas por 63€. A inscrição é gratuita até 31 de Maio, oferecendo ainda 20 minutos de utilização, com o uso do código “Lisboa20”.

A emov é uma empresa oriunda da aliança estratégica entre a Eysa e a Free2Move, a nova marca de serviços de mobilidade do Groupe PSA, duas companhias líderes nos respectivos sectores. A capital portuguesa é a segunda cidade em que emov lança a sua alternativa de carsharing, no formato free floating, após o sucesso registado em Madrid.

“E é válido?”

Num estudo conduzido por emov, cerca de 75% dos habitantes de Lisboa consideram a hipótese de utilizar serviços de carsharing.  As principais razões para fazê-lo são a redução de custos (21%), dispor de uma alternativa à viatura própria (19%) e a facilidade e rapidez de utilização (13%). As situações em que mais utilizariam o serviço seriam viagens de e para o aeroporto (32%), viagens/férias (22%), saídas nocturnas (19%) e em alternativa à própria viatura (16%).

Lançado em Madrid, em Dezembro de 2016, o serviço emov regista uma elevada aceitação, com 97% dos clientes frequentes a recomendarem a utilização do serviço.

Na opinião de Fernando Izquierdo, Director Geral da emov, “emov chega a Lisboa com o objectivo de se converter num novo ícone da cidade. Estamos certos de que a nossa frota, composta inicialmente por 150 veículos 100% eléctricos terá um acolhimento muito favorável entre os cidadãos”.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!