Início Notícias SEAT Mii com gama revista

SEAT Mii com gama revista

SEAT Mii com gama revista
0
0

“Simplificar para não esquecer”

A SEAT está a simplificar a gama Mii para tornar este citadino ainda mais simples de configurar e escolher. A gama atualizada incluirá a partir de agora três níveis de equipamento: Style, Chic e FR Line, mas também será mais confortável e terá maior número de dispositivos tecnológicos à disposição, com uma escolha de packs de equipamento atualizada. E, para maior polivalência, o SEAT Mii ficará unicamente disponível na versão de cinco portas.

O equipamento de série foi reforçado e é complementado com um conjunto abrangente de packs de tecnologia consoante o nível de equipamento escolhido pelo cliente. O Style acrescenta o “You&Mii colour connection” um sistema de infotainment com Bluetooth, USB, ranhura SD e a integração de smartphone com a App específica DriveMii (disponível na AppStore e Google Play Store), além do ar condicionado. O nível Style está agora mais equipado e a partir deste é possível fazer o upgrade individualizado para os níveis de equipamento Chic ou FR Line.

Com o nível Chic, os Mii recebem jantes de liga leve com 15”. Também recebe o pack parcial de pele (volante e punho da alavanca da caixa), frisos cromados e espelhos pintados em “cinzento atom”.

Os que escolherem o nível FR Line recebem o Mii com jantes de liga leve de 16”, vidros escurecidos, além da suspensão desportiva. Tanto os níveis Chic como FR Line beneficiam do sistema de som premium da BeatsAudio® com amplificador de 300W e subwoofer integrado na bagageira, volante e punho da caixa revestidos a pele, além de um elegante habitáculo integralmente revestido a preto.

Como a eficiência é o mais importante na cidade, o Start&Stop faz parte do equipamento da gama de motores do Mii, que inclui as versões de 60CV e de 75CV do motor a gasolina com 1,0 litro de capacidade e três cilindros, associado a uma caixa manual de cinco velocidades (o nível de potência mais elevado também pode ser pedido com caixa automática de cinco velocidades), enquanto o motor 1.0 a GNC com 68CV se revela a melhor alternativa na vertente ECO.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!