Início Ensaios SEAT Arona FR 1.5 TSi EVO 150

SEAT Arona FR 1.5 TSi EVO 150

SEAT Arona FR 1.5 TSi EVO 150
0
0

“Fórmula Crossover” 

Para a Seat, os modelos FR são a versão que serve como porta de entrada para um mundo mais desportivo. Por sua vez, o Arona é a porta de entrada da marca para o mundo dos crossovers, que ao se juntarem seguem uma fórmula bastante bem-sucedida na atualidade da indústria automóvel. Para “animar” esta unidade bem ao gosto do cliente, o Arona em ensaio contava com o motor mais potente da sua gama, o 1.5 TSI EVO de 150cv.

No plano estético, o Arona FR destaca-se por pequenos detalhes que aumentam a sua imagem desportiva que, mesmo num modelo deste tipo, não foram deixados ao acaso. Na dianteira, a grelha conta com um diferente acabamento em “favo de mel”, onde está presente o logo da versão. A lateral deste crossover conta com jantes exclusivas de maiores dimensões, assim como uma pintura com dois tons, que para além de estar disponível em todos os níveis de equipamento, confere ao Seat Arona pontos extras no que toca ao estilo. Por sua vez, a secção traseira recebe um novo para-choques que integra uma “dupla saída de escape”, entre aspas por ser apenas figurativa, mas que acaba por funcionar no plano estético.

O interior já é outra conversa.

Aqui encontramos um ambiente mais sóbrio, com a faixa decorativa que percorre o tablier a passar a ser em pele preta, rematada com pespontos vermelhos, que para além de serem a cor da linha FR, estão também disponíveis em outros elementos como o volante em pele mais espesso, assim como nos bancos com um padrão mais cuidado, com um superior apoio lateral. Os frisos também assumem um acabamento em preto piano, incrementando ainda mais esse lado sóbrio, mas elegante, do pequeno crossover.

Quanto ao espaço, já falámos no ensaio ao Arona 1.0 TSi, é suficiente para uma jovem família, onde se destaca a bagageira que, para além de contar com um acesso mais largo e baixo que o Ibiza, conta ainda com uma volumetria superior, de 400L. Também no interior podemos encontrar outra das grandes vantagens deste modelo, a sua possibilidade de contar com equipamentos por vezes reservados a segmentos superiores, como é o caso do cruise-control adaptativo, faróis full LED (que também dão uma ajuda na estética), assistente de ângulo morto, sem esquecer um completo sistema de infotenimento, que conta com os mais recentes sistemas de partilha de ecrã, como o Android Auto ou Apple CarPlay.

Mas a “joia” maior encontra-se debaixo do capot, o 1.5 TSi é o melhor motor que pode ser usado no SEAT Arona, e, esquecendo o fantástico 2.0 TSi, talvez o melhor para a gama da marca de Martorell. Este motor é responsável por dar uma outra vida a este modelo, conseguindo melhores valores em recuperação e aceleração, garantindo um maior prazer de condução, sem perder a vertente económica, tão em “voga” nos dias que correm. Isto é conseguido através da desativação de dois cilindros a velocidades de cruzeiro mais baixas, o que permite um consumo muito próximo do pequeno 1.0 TSi que testámos anteriormente. A escolha deste motor custa mais 2.900€ ao consumidor, um valor que certamente irá valer a pena para quem conduzir, importa.

A Seat demonstra assim que um crossover urbano não tem de ser apenas urbano, dotando o Arona de um motor que praticamente se poderia chamar de (pequeno) desportivo. O 1.5 TSi é um elo forte, garantindo boas performances, suavidade, sem perder o foco no baixo consumo e emissões.

 


SEAT Arona 1.5 TSi EVO FR

Especificações:
Potência– 150cv às 5000 ~ 6000rpm
Binário – 250Nm às 1500 ~ 3000rpm
Aceleração do  0-100 (oficial): 8,3s
Velocidade Máxima (oficial): 205km/h
Consumo anunciado – 5,1l/100km
Consumo medido – 6,4l/100km

Preços:
Gama SEAT Arona desde: 17.877€
Versão ensaiada: 26.158€
Unidade testada: 31.208€


Carrega nas fotos para veres melhor este SEAT Arona:

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!