Início Notícias Salão Internacional de Genebra 2018 – Parte III

Salão Internacional de Genebra 2018 – Parte III

Salão Internacional de Genebra 2018 – Parte III
0
0

“De Nissan a Volvo”

Finalizando, na terceira parte, vamos falar das outras novidades que deram “cor” ao Salão Internacional de Genebra 2018.

Nissan

A Nissan não trouxe muitas novidades para Genebra. Ainda assim, o IMx Kuro é a estrela por ser a sua primeira aparição na Europa, deste concept que mostra o que será a mobilidade inteligente da marca Japonesa. Um futuro divertido, já que este crossovers conta com um motor de 430cv, um binário de 700Nm e uma autonomia de 600km.

Peugeot

A estrela do stand da Peugeot é sem dúvida o novo 508, que podem conhecer em detalhe aqui. Este modelo apresenta a edição First Edition, com apenas 2000 unidades, está disponível para encomenda em Portugal a partir de agora, apenas com o propulsor 2.0 BlueHDi de 180cv. Para além deste modelo, a Peugeot Rifter é o novo modelo lúdico da marca, assim como o concept Rifter 4X4, que esperemos que chegue a ser uma realidade.

Polestar 

A Polestar é um nome conhecido de todos, sendo reservada, até agora, às versões desportivas da Volvo. Agora, esta marca passa a ser “independente”. Para isso, entra pela “porta grande”, com o Polestar 1, um hibrido Plug-in, que conta com um potencia total de 600cv, e um binário gigante: 1000Nm! Obviamente, a dinâmica foi aprimorada, com uma maior leveza e rigidez do chassis (muitos elementos em carbono, assim como suspensões mais complexas e desportivas). O Polestar 1 pode circular em modo totalmente eléctrico até 150km. Os preços ainda não são conhecidos, mas estima-se que se situe bem acima dos 100 mil euros.

Porsche

A marca de Estugarda resolveu impressionar neste salão realizado na Suiça. Para além do novo 911 GT3 RS que já falámos por aqui, a marca apresentou o Porsche Mission E Cross Turismo. Este concept, consiste numa versão carrinha com aspirações offroad do Mission E Concept Sedan, mas com as mesmas preocupações ecológicas, este modelo conta com uma potencia superior a 600cv e um arranque dos 0 aos 100km/h em apenas 3,5s. Em termos de autonomia, essa deverá superar os 480km.

Rimac

O Rimac C-Two é uma das apresentações mais impressionantes, no Salão de Genebra deste ano. O híper-carro electrico conta com 1888cv (sim, leu bem) assim como um binário de 2300Nm. Esses valores completamente impressionantes conseguem proporcionar um arranque dos 0 aos 100km/h em apenas 1,85s, enquanto a velocidade máxima está fixada nos 410km/h!

Renault

A marca Francesa, como é habitual, aproveita para apresentar muitas novidades. A principal, é sem duvida o concept EZ-GO, que é um automóvel “eléctrico, autónomo e partilhado”, mostrando o que poderá ser o futuro deste tipo de automóveis, para as cidades do futuro. Muito mais perto da realidade, o Megane RS é o principal motivo de interesse, assim como os novos motores: o 1.3 tCe, motor a gasolina que aumenta a ofensiva da marca. A Talisman S-Edition é uma opção mais desportiva para o modelo que representa a marca no segmento D. Contando com o motor 1.0 tCe que equipa o Megane RS e o novo Alpine A110, desenvolve aqui 225cv, ligados à caixa de dupla embraiagem EDC.

RUF

A preparadora Alemã merece aqui uma menção honrosa, com a apresentação do SCR, um nome já conhecido para quem segue esta marca, graças ao modelo lançado em 1978. Nesta nova geração, este modelo usa o estilo do 964, mas feito numa carroçaria totalmente nova com uso de fibra de carbono e um chassis dianteiro e traseiro, tubular em aço inox. O RUF SCR usa um motor Mezger, com 510cv capaz de atingir uma velocidade máxima de 320km/h, graças também ao seu baixo peso, menos de 1300kg.

Seat

A SEAT aproveitou para dar todo o destaque à sua nova marca Cupra, que podem conhecer no primeiro resumo deste salão, clicando aqui.

Skoda

A marca Checa mostra o futuro, tanto seu concept Vision X, que nos dá uma visão do que poderá ser o próximo SUV da marca, primo dos Seat Arona e Volkswagen T-ROC. Este concept conta com uma motorização totalmente elétrica, antecipando também que o futuro passa por este tipo de energia. O futuro é também mostrado no restyling Skoda Fabia, onde a principal novidade, para além de ajustes estéticos e um aumento de tecnologia a bordo, “deixa cair” os propulsores diesel da sua gama, não ganhando, ainda assim, novos motores.

Toyota

A Toyota aproveitou este certame para apresentar três novos modelos, onde se destaca o regresso do nome Supra. Ainda que em “concept”, este super-desportivo que foi desenvolvido em conjunto com o futuro BMW Z4, apresentou-se “vestido” com a pintura da Gazoo Racing, mostrando as suas primeiras linhas. Conheceremos ainda a versão final deste automóvel ao longo do ano. Ainda na Toyota pudemos conhecer o novo Auris, como uma imagem mais actual e próxima do C-HR, onde se destaca por não contar com propulsores diesel, dando uma maior prioridade às motorizações hibridas que chegam até aos 180cv. O Aygo, ‘benjamin’ da gama Japonesa, feito em parceria com o grupo PSA, recebe uma nova dianteira, assim como novos atributos tecnológicos como o assistente de travagem automática e um motor com mais potencia e um menor consumo.

Volkswagen 

A Volkswagen quis mostrar que está atenta, e que o futuro da mobilidade electrica é mesmo uma realidade. E por isso, a sua estrela foi um concept, o I.D. Vizzion, um topo de gama electrico. Este modelo que deverá ser lançado até 2025, provavelmente bastante diferente deste concept, apresentando uma autonomia de 650km com performances respeitáveis.

Volvo

A Volvo está a ter um salão de sonho, com a nomeação do Volvo XC40 como o “Car of the Year” e com Håkan Samuelsson a ser considerada a “World Car Person of the Year”. Para além de tudo isso, a estrela é o novo Volvo V60, esta carrinha elegante e muito ao estilo da V90, conta com dois motores diesel, o D3 e D4 de 150 e 190cv respectivamente, assim como dois gasolina, T5 e T6 com potencias que variam entre os 250 e os 320cv. Depois disso, a Volvo V60 contará também como dois motores híbridos Plug-in (T6 e T8). As primeiras unidades chegarão ao território nacional no Outono.

E estas foram as principais estrelas do salão de Genebra 2018. O próximo grande certamente no território Europeu, será em Outubro, altura que Paris se torna o centro da industria automóvel.

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!