Início Notícias Novo SEAT Ibiza

Novo SEAT Ibiza

Novo SEAT Ibiza
0
0

“Primo Español”

Chega finalmente a quinta geração do Seat Ibiza, o utilitário ganha um novo estilo linguístico, um interior mais premium e também mais espaço.

O Ibiza foi, até há bem pouco tempo o best-seller da Seat, algo que mudou até a uns meses atrás quando foi ultrapassado pelo Leon.

Já “rolaram” mais de 5,4 milhões de unidades de Ibiza para todos os mercados onde é comercializado. Esses números de vendas incluem os três estilos de carroçaria – três portas (SC) o hatchback e a carrinha ST.

Tradicionalmente, o modelo de três portas representou cerca de 40% das vendas de Ibiza, mas uma desaceleração nas vendas nos últimos anos levou a Seat a oferecer o modelo de quinta geração apenas como cinco portas, seguido assim as pisadas de algumas das suas marcas concorrentes.

O novo Ibiza é 87mm mais largo, 2mm mais curto e 1mm mais baixo do que o modelo que agora substitui. A distância entre eixos é 95mm mais longa, que irá permitir um interior mais espaçoso. O volume a bagageira aumentou em 63 litros, dando lhe uma capacidade total de 355 litros.

A maioria dos motores será transferida da gama actual, mas haverá uma nova unidade de quatro cilindros, o 1.5 TSi terá uma potência de 150cv. A gama também inclui um motor a gasolina de três cilindros de 1.0 litros e um diesel 1.6.

A caixa de velocidades manual de cinco velocidades estará disponível com os motores menos potentes e uma caixa de seis velocidades para os mais potentes. A caixa DSG de dupla embraiagem de sete velocidades estará disponível como opção.

A linha FR continuará presente, e contará com uma suspensão mais rígida, escape duplo e quatro modos de condução. E esta, pode ser a maneira mais desportiva de se ter um Ibiza, já que o Cupra ainda não foi confirmado. Se realmente vier a ser lançado, deverá ser apenas no próximo ano de 2018.

O Seat Ibiza de 5ª geração terá sua apresentação ao público durante o Salão de Genebra, no próximo mês de março.

I

 

Etiquetas:
Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!