Início Ensaios Mercedes-Benz V250d ‘Marco Polo’

Mercedes-Benz V250d ‘Marco Polo’

Mercedes-Benz V250d ‘Marco Polo’
0
0

“Explorador dos tempos modernos”

Usar o nome de um dos mais importantes exploradores da história da humanidade é algo forte, mas a Mercedes não se reprimiu e usou o nome de Marco Polo, que nasceu em Veneza no século XII. Foi mercador e embaixador, mas acima de tudo explorador, que registou as suas viagens num livro que tinha como título o seu próprio nome.

Mas dar esse nome a uma carrinha, que se parece uma Classe V? Que lógica é essa? É porque esta Mercedes-Benz é mais do que isso, bem mais do que uma “normal” Classe V, é um autentico T0 sobre rodas, um hino ao conforto, ao luxo e… à descoberta!

Baseada no modelo que falámos acima, a Marco Polo adota o inconfundível estilo da marca de Estugarda, seja pela sua frente dinâmica ou pelos seus grupos óticos LED, com linhas simples, robustas, mas que de maneira alguma fazem prever o que podemos encontrar lá dentro. Algo que a Marco Polo faz como poucas: um balanço entre uma caravana, sem perder o comportamento são de um automóvel de passageiros. Os mais atentos vão entender que ali está uma proposta especial, para todos os outros, é só mais uma Mercedes V que “há aos montes” ao pé dos aeroportos e dos hotéis.

Partir à aventura! É isso que nos dá logo vontade assim que entramos pelas portas da frente e sentamos nas confortáveis poltronas. Olhando para trás estão mais duas, individuais, e como poderemos ver mais à frente, podem mover-se para criar um espaço bastante diferente. Cá na frente, podemos ver um habitáculo totalmente Mercedes, com todos os comandos a serem já conhecidos, com uma montagem sem falhas, assim como o uso de materiais requintados, onde a pele clara assume grande protagonismo. Também o que não falta é a tecnologia, nem a segurança ativa, como podemos ver pelos alertas de ângulo morto, distronic plus ou pelo assistente de travagem. Nada foi deixado ao acaso, não fosse esta proposta uma das mais luxuosas da marca…

Luxo é o que sentimos quando a porta elétrica se abre e nos dá a conhecer o chão flutuante, a bancada onde se esconde o lavatório, o fogão ou o frigorifico, e que esconde também gavetas e portas deslizantes, prontas e encher com mantimentos para as nossas explorações. O banco traseiro pode percorrer as calhas do chão, e a mesa de refeição que está escondida no canto é colocada no meio, o que dá espaço para uma refeição para quatro, já que os assentos da frente podem inverter a sua posição em 180º.

As surpresas não terminam obviamente por aqui. O teto pode ser subido e dar lugar a uma cama, que alberga sem problemas duas pessoas adultas, e que conta com luzes LED de leitura, assim como “janela” com rede mosquiteira. Essa cama pode ser ainda levantada, para que circulemos dentro da Marco Polo em pé. No “primeiro piso”, o banco traseiro pode ser completamente esticado, e transformar-se numa cama. Portanto, podem viajar quatro pessoas na Marco Polo, sem ter preocupações com as dormidas.

Continua a haver espaço para as bagagens, assim como um pequeno roupeiro.
Banho? Sim! Existe a possibilidade de tomar um duche rápido junto à porta traseira.

O ideal, dizemos nós, é estar sempre parqueado num parque de campismo, uma espécie de “rally campismo”, um bom desporto para fazer com a Marco Polo…

E se uma autocaravana pode ser uma má experiência para quem gosta de conduzir, a Marco Polo não compromete. Primeiro, por ter reações de carroçaria normais, e uma posição que, embora seja elevada, não é “em cima do eixo dianteiro”. O motor 250d com 190cv, assim como a caixa 7G-Tronic, ajudam a essa boa experiência. Não há milagres com um peso total de 3100kg e uma dimensão que por pouco não chega aos 5,20m.

Mas isso não é sinónimo de a Marco Polo não ser eficiente, já que cumpre as normas Euro6 através do sistema AdBlue, mas também pelos sistemas Start/Stop, ou pela transmissão que poupa muito combustível, sendo fácil fazer médias abaixo dos 8L/100km.

Quanto ao preço, a Mercedes-Benz Marco Polo também não é para todas as bolsas, mas os 80.796€ pedidos por esta unidade são compensados por um equipamento a bordo muito generoso, um motor que é bem capaz, ao mesmo tempo que se mostra eficiente, assim como a possibilidade de acordar em paisagens que não têm preço, num automóvel que é “a nossa casa, fora de casa”.

“O mesmo motor, mas algo mais radical?”
Conhece a “X”, a Pick-Up da Mercedes!

Mercedes-Benz Classe V250d Marco Polo

Especificações:
Potência combinada – 190cv às 3800rpm
Binário combinado – 440Nm às 1400 ~ 2400rpm
Aceleração dos 0-100 (oficial): 10,9s
Velocidade Máxima (oficial): 200km/h
Consumo Combinado Anunciado (Medido em andamento normal) – 6,3l/100km (8,0l/100km)

Preços:
Preço da unidade ensaiada: 80.796€


Carrega nas fotos e vê esta Classe V250d Marco Polo em detalhe:

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!