Início Ensaios Lexus UX250h F-Sport

Lexus UX250h F-Sport

Lexus UX250h F-Sport
0
0

“Estar na moda à maneira da Lexus”  

Estar no segmento dos crossovers compactos é quase uma obrigatoriedade nos tempos que correm, ainda para mais se a marca for premium. A Lexus tem uma história curiosa, de superação e de aprender rápido a fazer igual (ou melhor) que os seus rivais. Será que o seu primeiro crossover compacto, o UX250h, consegue equiparar-se aos seus rivais, sejam eles provenientes da Alemanha, Suécia ou até mesmo Inglaterra?

Uma qualidade que a Lexus tem: é fiel a ela própria. Portanto, se procura um Lexus UX movido a diesel, esqueça, esses tempos já lá vão. Aqui, em Portugal, apenas este propulsor híbrido está disponível. Porém, não se vá embora, porque isto vai interessar-lhe na mesma.

Esteticamente este Lexus não deixa ninguém indiferente. Acreditamos que haverá quem não goste do estilo deste UX, mas comprovámos que houve muito mais quem o adorasse. As suas linhas rasgadas, o seu perfil desportivo e baixo, muito mais “rente ao chão” que os seus rivais, quase que “canibaliza” o CT, o modelo de acesso à marca de luxo do grupo Toyota.

A grelha é predominante, estando agrupada junto dos faróis rasgados. A versão F-Sport “puxa” ainda mais por essa faceta dinâmica do modelo que, ao mesmo tempo, não esconde ser um crossover graças aos plásticos que estão a adornar as cavas das rodas, de formato algo diferente do que estamos habituados. A traseira é um jogo de superfícies, linhas que se cruzam e que dão um ar espacial ao automóvel, mas onde o destaque vai obviamente para o grupo ótico, que é composto por 130 LED, que criam uma faixa de luz contínua, e que torna este Lexus UX perfeitamente reconhecível durante a noite. Contudo, os “piscas” continuam a ser simples lâmpadas de halogéneo…

Passando para o interior, temos uma junção entre a filosofia Lexus, e uma ligeira revolução. A filosofia prende-se por bons materiais e uma montagem isenta de erros, as superfícies são suaves ao toque, mesmo aquelas que regulamente não tocamos. A “ligeira revolução” prende-se com a eliminação de muitos botões do tablier, algo a que estávamos habituados na anterior geração de modelos da marca. Dessa forma, o habitáculo consegue um desenho mais moderno e agradável. Os botões continuam em força é no volante, onde contámos 20 botões. Mas acreditem, não vos irão confundir.

O “lado negro” está mesmo no sistema de infotenimento, que infelizmente ainda não acompanha os seus rivais, exigindo alguma habituação, sendo controlado por um touchpad ao centro do habitáculo. Deixaria de comprar um Lexus UX por isso? Não, mas se tivesse um melhor e mais moderno, dotado das mais recentes tecnologias como Apple CarPlay ou Android Auto, melhor…

A grande vantagem vai para a posição de condução, baixa, confortável e focada, graças aos muito bons bancos com os quais este Lexus UX está equipado na versão F-Sport, e que garante um bom apoio e conforto. Quanto ao resto do espaço, bem, não é a sua especialidade. Atrás, podem ir dois adultos sem problema, enquanto a bagageira pende mais para o pequeno, com 320l de capacidade, algo que por exemplo o “primo” Toyota C-HR supera, com 377l.

Passando para a condução, e graças à plataforma do novo Corolla, o Lexus UX250h consegue impressionar, com um pisar decidido e informativo, mas confortável. O seu centro de gravidade baixo, devido à sua altura mais reduzida, faz com que este crossover seja gracioso em curva, espantando mais do que o esperado, sendo bem pregado ao chão. O motor híbrido, que junta um motor a combustão 2.0L com um elétrico, produz 184cv. Não são poderosos, mas conseguem impulsionar bem este UX, que conta com diversos modos de condução. Se gostam de saber números, a aceleração dos 0 aos 100km/h demora 8,5s.

Nesse conjunto, a caixa CVT é sempre quem leva com mais culpas, no que toca à sua sonoridade, que quando levada acima do seu limite confortável, tem um som característico. Contudo, é a mais eficaz e que tira mais “sumo” a cada depósito, já que os consumos não chegam aos 6L/100km, conseguindo em cidade andar muito tempo apenas elétrico. É o preço a pagar…

No final, gostei do Lexus UX250h. Basicamente, não quis saber muito dos seus concorrentes. Fez as coisas à sua maneira, à maneira Lexus, e isso mostra personalidade. Mais dinâmico do que se podia esperar, com um propulsor muito poupado, como já era esperado. O seu preço é elevado, mas é justificado pela exclusividade, materiais e equipamento disponível. Os seus contras são apenas o sistema multimédia, que pede paciência, e a bagageira que pede para que as compras não sejam muitas. Mas como ele gasta pouco, podemos sempre voltar para buscar o resto das coisas que lá ficaram…


Lexus UX250h F-Sport

Especificações:
Potência combinada – 184cv
Binário – 190Nm às 4500 ~ 5200rpm/ 220Nm (motor elétrico)
Aceleração dos 0-100 (oficial): 8,5s
Velocidade Máxima (oficial): 177km/h
Consumo Combinado Anunciado (Medido) – l/100km (5,8l/100km)

Preços:
Lexus UX250h desde: 42.500€
Preço da versão ensaiada : 50.600€


Veja as fotos do mais rebelde dos SUV da Lexus:

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!