Início Ensaios DS 3 Cabrio 1.6 BlueHDi 120

DS 3 Cabrio 1.6 BlueHDi 120

DS 3 Cabrio 1.6 BlueHDi 120
0
0

“Personalidade própria”

Sendo agora a DS uma marca própria presente em três diferentes segmentos, faltava a transição de um último modelo para a sua gama ficar composta. O DS 3 recebe assim o tratamento para ganhar a nova identidade da marca premium.

O mais pequeno dos DS nasceu como um produto popular, ao mesmo tempo que é dirigido a um publico especifico que procura uma alternativa chic aos normais utilitários, em que o seu principal atributo para se destacar do restante parque automóvel é a sua capacidade de personalização. Esta permite ao cliente escolher uma de 78 combinações diferentes, graças às variações de cores que podem ser usadas na carroçaria, jantes, capas dos espelhos, tejadilho, punho da caixa, tablier e muito mais…

Mas qualquer que seja a combinação escolhida, é unânime que o DS 3 é uma “figura engraçada” que se destaca do restante parque automóvel. Se a traseira de linhas simples com os faróis de efeito luminoso 3D e a lateral com o pilar B flutuante são imagens de marca, já a frente cortou com a sua imagem, exibindo agora uma face mais em linha com o DS 4 e DS 5.

Chamada de DS Wings pela marca francesa, o DS 3 recebe agora uma grelha de formato hexagonal com elementos esculpidos, que lhe conferem um ar mais cuidado e premium, aparecendo ao centro pela primeira vez neste modelo, o logo específico da DS. Contornada por elementos cromados, a frente prima pela elegância, em sintonia com os faróis dianteiros em LED que conferem uma grande luminosidade nos períodos nocturnos.

O interior permaneceu muito idêntico ao que era, embora com alguns detalhes revistos. O maior destaque vai para a inclusão do sistema AirPlay da Apple, que permite uma maior interacção entre o smartphone e o automóvel, facilitando as tarefas de comunicação e entretenimento. Se tem Android, não há problema porque existe também o sistema MirrorScreen que replica o ecrã do seu telefone no ecrã central do DS 3.

Este ecrã alberga também a função de navegação e na componente media permite ainda a possibilidade de armazenar musicas no seu disco rígido, de maneira a ter sempre a banda sonora adequada à viagem!

O confortável interior tem espaço para quatro passageiros, com a possibilidade de albergar cinco,  mas como é sabido, esse deve ser para evitar. Na frente os assentos possuem um óptimo apoio lateral e bom acabamento, o que oferece uma posição de condução agradável. Nota positiva para a dimensão do volante, sem dúvida o melhor da gama DS.

E já que falamos da condução, esta é bastante divertida, graças a um chassis bem afinado e eficaz, enquanto o conforto não é comprometido, oferecendo uma boa dose de desportividade sem beliscar uma das mais apreciadas qualidades de um automóvel francês. O bloco 1.6 BlueHDi prova uma vez mais ser um motor à altura, com prestações agradáveis “em troco” de pouco combustível. Foco ainda para a caixa de 6 velocidades de agradável funcionamento, bem escalonada e que opta por uma 6ª mais longa para melhorar os consumos, que são facilmente mantidos abaixo dos 5 litros a cada 100 quilómetros.

Resta claro falar desta variante Cabrio do DS 3 que temos aqui em ensaio. Esta mantém a mesma silhueta que a versão berlina, mas com um tecto em tecido (que pode ter quatro cores distintas) de abertura em 3 fases, uma apenas na frente, todo o tecto, ou então completamente para trás, “rebatendo” o vidro traseiro.

Para conceber a versão Cabrio, a DS teve de fazer modificações na estrutura, para compensar a perda de rigidez torcional. Tal é notado nos pisos mais degradados, já que ao volante do DS 3 Cabrio se nota pouca diferença relativamente à versão normal.

Com esta escolha existem claras vantagens, já que possuímos um automóvel mais exclusivo e com a capacidade de aproveitar cada minuto de sol em qualquer altura do ano, já que o difusor dianteiro bloqueia muito a entrada do vento. Contudo há também a parte má…

Primeiro, a abertura da mala, que condiciona a entrada de grandes volumes, perdendo ainda 40 litros da capacidade total, ficando nos 245l disponíveis para arrumação. Depois, na posição mais aberta da capota a visibilidade para trás torna-se praticamente nula…

Mas se procura uma proposta diferente, três portas não são um condicionante, e o descapotável faz parte do seu imaginário, tem no DS 3 Cabrio uma excelente opção. Com 5 lugares, uma condução divertida e um motor diesel com bom andamento e consumos bastante comedidos, o DS 3 Cabrio é uma opção a ter em conta. E pode sempre usar as palavras luxo, premium e chic quando explicar qual é o seu novo automóvel!

DS 3 1.6 BlueHDi 120 CMV6 Sport Chic 

Especificações:

Potência – 120cv às 3500rpm
Binário – 285Nm às 1750rpm
Consumo Anúnciado (Medido) – 3,6l/100km (4,9l/100km)

Preços:
Preço Base DS 3 Cabrio: 24.862 €
Preço da versão ensaiada: 31.441€

Rodrigo Hernandez Fundador e Director Editorial, criou o MotorO2 em 2012 devido a uma tremenda vontade de escrever acerca da sua grande paixão: os automóveis! Paixão essa que existe mesmo antes de falar, já que a sua primeira palavra foi a de uma conhecida marca de automóveis. Sim, a sério!